Transformação cultural é um dos principais desafios do RH no mundo VUCA

Data 08/05/2018
transformação cultural mundo VUCA

Mudanças nos perfis comportamentais, automatização de processos, inteligência artificial e o rápido avanço da tecnologia são algumas características do mundo VUCA (do inglês, volatility, uncertainty, complexity and ambiguity). Nesse cenário, realizar a gestão de pessoas e alcançar bons resultados têm se tornado um desafio cada vez maior para o RH das companhias.

transformação cultural mundo VUCA

Como a área de gestão de pessoas deve agir nesse cenário? Essa ainda é uma dúvida para muitas companhias. Para fomentar o debate sobre o assunto, a LG lugar de gente patrocinou o HR Strategic Advisory Board (HR SAB), realizado pela EBDI, de 25 a 27 de abril, com o tema “A extinção do RH – Como o mundo VUCA está transformando o RH como conhecemos”.

O evento contou com a participação de diversos especialistas, entre eles: Felipe Azevedo, Vice-presidente da LG lugar de gente; Gustavo Leme, Head de RH do Grupo Baumgart; José Securato, Presidente da Saint Paul; Laercio Albuquerque, Presidente da Cisco do Brasil; Luis Lira, Diretor Corporativo de Gestão de Pessoas do Hospital das Clínicas de São Paulo; e Marcos Braga, CEO da Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística (SBPNL).

Segundo Felipe Azevedo, os líderes de RH afirmaram que a transformação cultural é o principal desafio para as companhias no mundo VUCA. “A tecnologia avançou muito e está à frente da realidade da maioria das empresas em termos de modelos de gestão e maturidade”, comenta.

HR SAB_Felipe Azevedo_Mundo VUCA

Felipe Azevedo, Vice-presidente da LG lugar de gente, durante sua apresentação no HR SAB 2018

Para o vice-presidente da LG lugar de gente, a área de recursos humanos tem papel fundamental nesse momento. “O RH é o responsável por impulsionar as transformações na empresa. A digital e principalmente a cultural. Ele deve instrumentalizar os líderes com ferramentas e metodologias para uma gestão de pessoas mais inteligente”, ressalta.

Em sua palestra, Felipe abordou que o RH pode e deve contar com o apoio da tecnologia para desenvolver os talentos da empresa e alcançar bons resultados. “Existem diversas novas ferramentas que otimizam a gestão do capital humano”. Ele exemplifica: “A entrevista por vídeo via mobile acelera o processo seletivo e reduz custos de deslocamento. Também temos o Chatbot WhatsApp, que permite envio de currículo, alteração de dados cadastrais e solicitação de férias pelo aplicativo, diminuindo o trabalho operacional do RH e melhorando a experiência e o engajamento dos funcionários”, explica.

Quer saber mais sobre como as novas tecnologias podem ajudar a gestão de pessoas da sua empresa no mundo VUCA? Assista ao webinar gravado “People Analytics: a ciência de dados chegou ao RH” clicando aqui.