fbpx

Boas práticas de RH: 3 iniciativas da MSD que aumentaram o engajamento dos colaboradores

Data 18/05/2021

O que sua empresa tem feito para aumentar o engajamento dos colaboradores? O nível de envolvimento dos trabalhadores está diretamente relacionado ao desempenho geral de uma organização, inclusive sua rentabilidade. É o que conclui uma pesquisa global promovida pela Gallup em 2020, com participação de mais de 2.700 pessoas.

O estudo apontou que as empresas com funcionários engajados lucram 21% a mais do que aquelas que têm problemas em motivar seus colaboradores. Além disso, a produtividade passa a ser 17% maior nessas companhias e a rotatividade é diminuída em 24%.

Cientes da importância do engajamento dos colaboradores, as organizações têm passado a oferecer cada vez mais programas para aumentar a atratividade e o envolvimento dos talentos. É o caso da MSD, empresa global presente em mais de 140 países, que se dedica aos cuidados com a saúde através de mais de 69 mil funcionários.

Ações que promovem o engajamento dos colaboradores

A organização tem investido em responsabilidade corporativa, com mais de 193 milhões de pessoas beneficiadas pelos principais programas e parcerias promovidos. Andres Massoni, Diretor de RH MSD Brasil, acredita que esse alto desempenho só é possível devido às pessoas que fazem parte da empresa.

Para o líder, a companhia é uma das líderes do mercado farmacêutico exatamente por ter pessoas comprometidas trabalhando para que a sua missão — oferecer produtos e serviços inovadores que salvam e melhoram vidas em todo o mundo —, seja cumprida diariamente. “Investir em gestão de pessoas é algo natural: investimos naqueles que constroem nossa empresa”, destaca.

Conheça três programas de RH da MSD que contribuem com o engajamento dos colaboradores:

1. Apoio jurídico, psicológico e financeiro

Dentre o amplo leque de programas de RH oferecidos pela empresa, Andres destaca alguns que reforçam o comprometimento da MSD com iniciativas de diversidade e inclusão e impactam o engajamento dos colaboradores. “Trabalhamos com saúde e acreditamos ser nossa obrigação cuidar da saúde física, mental e financeira dos nossos funcionários e seus dependentes”.

Essa é a premissa do Resource for Living, programa que disponibiliza um pacote de serviços para o bem-estar de empregados, como apoio jurídico, psicológico e financeiro. Segundo Andres, a plataforma do programa está disponível 24 horas por dia e é acessível por computador, celular e telefone via 0800.

“O empregado, ou seu familiar, entra em contato e expõe o problema e, após uma triagem, é auxiliado por um consultor especializado no assunto exposto, tudo de forma reservada. Depois, é criado um plano de ação e acompanhamento específico para quem solicitou ajuda”, esclarece o Diretor.

2. Saúde mental

Outro programa destacado por ele é o “Viva Melhor”. Lançado em fevereiro de 2021, nasceu focado em saúde mental e bem-estar da companhia no Brasil. Andres afirma que, com a iniciativa, a empresa visa estabelecer o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

“Exercitando os nossos pilares do MSD Ways of Working — como o experimentar, o aprender e o empoderar —, implementamos iniciativas que ajudarão nossos funcionários na redução e melhor organização do trabalho, melhorando assim sua qualidade de vida”, relata.

Algumas decisões do projeto são de simples execução, mas com reflexos significativos no engajamento dos colaboradores. “Com o programa, estabelecemos reuniões mais curtas, com 15, 30 ou 45 minutos de duração, no máximo. Há também um bloqueio de, pelo menos, uma hora para o almoço, entre 12h e 13h30 e às quartas-feiras sem reuniões”, completa.

3. Apoio à Adoção

Um programa da empresa que tem ganhado grande repercussão é o Apoio à Adoção. Andres explica que o Brasil possui atualmente 34 mil crianças e adolescentes abrigados em casas de acolhimento e instituições públicas. Destes, 5 mil estão totalmente prontos para a adoção.

“Diante deste cenário, e comprometida com iniciativas de diversidade e inclusão, a MSD lançou no ano passado o programa Apoio à Adoção. Nosso objetivo com essa iniciativa é criar uma política robusta, que ofereça apoio financeiro e emocional aos funcionários que adotarem”, explica o Diretor.

Nesse sentido, a iniciativa se volta a qualquer colaborador que adotar oficialmente uma ou mais crianças e/ou adolescentes até 18 anos. “Financeiramente, o programa propõe o pagamento de um subsídio único na folha de pagamento no valor de R$ 15 mil por criança, para cada família qualificada”, afirma.

Esse valor, segundo Andres, se refere a honorários advocatícios e custas judiciais. Além disso, ele cobre despesas médicas para o filho adotivo antes da adoção (não cobertas por seguro), acolhimento temporário, viagem e transporte, incluindo valores gastos com refeições, hospedagem e cuidados paliativos.

Para garantir qualidade de vida à família, a MSD ainda disponibiliza licença-maternidade de 180 dias e de paternidade de 60 dias corridos, independentemente da idade da criança. “Assim, a família terá a oportunidade de criar conexão e adaptar-se à nova rotina”, explica ele.

Marca empregadora em alta

Com a boa recepção interna, o último projeto alcançou grande visibilidade e refletiu diretamente na marca empregadora da empresa e no engajamento dos colaboradores. “A repercussão do programa foi enorme e muito bem recebida, tanto interna quanto externamente”, afirma o Diretor.

Andres acredita que as políticas de boas práticas impactam despertam a vontade das pessoas em trabalhar na organização. “Foi muito interessante ver, com toda essa repercussão, a MSD sendo tratada como uma empresa a ser ‘copiada’, como um modelo”, se orgulha.

Quer conhecer mais iniciativas para promover o engajamento dos colaboradores na sua empresa? Na 29ª edição da Revista Huma você poderá conferir dicas e benchmarkings que podem inspirar a sua gestão de pessoas. Clique aqui e faça o download gratuito da nova edição.

Compartilhe:
Comentários