Funcionário improdutivo: 3 formas de identificá-lo e 3 dicas para melhorar sua performance

Data 22/08/2017
funcionário improdutivo

Sua empresa consegue identificar um funcionário improdutivo? Verificar o desempenho dos colaboradores é uma das principais funções de um gestor pois garantir uma boa produtividade é fundamental para a sustentabilidade do negócio. Além de interferir nas entregas individuais para os objetivos estratégicos da companhia, um profissional que não está engajado pode desmotivar os demais da equipe.

Mas como identificar um funcionário improdutivo? Para falar sobre o tema, a LG lugar de gente conversou com Christian Barbosa, CEO da TriadPS e especialista em administração de tempo e produtividade. Ele destaca algumas maneiras de identificar os colaboradores com baixo rendimento e sugere ações para corrigir o problema. Confira!

Sinais de improdutividade

1- Muitas desculpas e pouco resultado

Segundo Christian, pessoas produtivas sempre dão um jeito de fazer as coisas acontecerem, diferentemente daquelas que não fazem e procuram desculpas, apontam culpados ou, simplesmente, “deixam passar” assuntos e tarefas importantes. “Fique atento a esse comportamento”, recomenda o especialista.

 2- Medo exacerbado

Christian comenta que um funcionário improdutivo é muito medroso. “Geralmente, ele diz que não realizou determinada tarefa por conta de inúmeros problemas. Na maioria das vezes, no entanto, esse medo é um perfeccionismo, uma forma de não querer errar, e isso prejudica a produtividade. Por isso, é papel do líder definir o caminho que o profissional deve seguir, determinar de forma detalhada as tarefas a serem cumpridas e explicar os procedimentos indicados nas situações adversas. Um profissional muito receoso pode ser reflexo de um gestor que não transmite confiança”.

3- Sempre faz hora extra

Para o especialista, o profissional que não consegue realizar suas atividades no horário de expediente acaba fazendo hora extra, mas segundo ele existe uma linha tênue entre a falta de horas e a falta de produtividade. “É difícil entender isso. A recomendação é fazer uma análise básica de quanto tempo você demoraria para realizar determinado trabalho, acrescentar mais 30% ao tempo total e avaliar se o profissional está dentro dessa linha base”, orienta Christian.

Como melhorar a performance?

De acordo com Christian, qualquer pessoa pode se tornar mais produtiva, desde que sejam aplicadas técnicas que ajudem a estimular o desenvolvimento profissional. Veja as dicas do especialista:

1- Converse e incentive a melhora

Ao entender os pontos que levam o profissional à improdutividade, Christian recomenda que o gestor convide o colaborador para uma conversa e dê instruções para ele administrar melhor o expediente. “Entenda que é preciso dar mais confiança, delegar melhor as tarefas e deixar claro como as coisas devem acontecer”, completa.

funcionário improdutivo

2- Dê um treinamento de produtividade

Para o especialista, a iniciativa ajudará o profissional a criar um modelo produtivo. “Se julgar necessário, invista em um curso que mostre à equipe como é possível tornar todas as tarefas viáveis. Assim, consequentemente, sua empresa terá uma melhora na execução diária”.

3- Dê chances ao funcionário

Christian orienta que, antes de desligar o profissional da equipe, o gestor deve conversar com o colaborador até três vezes. “Chamo isso de regra tríade da admissão e da demissão: quando a pessoa tem muitos problemas, dê 3 feedbacks. Se isso não resolver, aí sim é hora de demitir. Essa é uma ação importante para não prejudicar os demais, pois, ao manter um funcionário que não apresenta resultados eficientes, você favorece aquele que não é produtivo e desamina os bons profissionais”, destaca.

Christian afirma que essas são apenas algumas dicas para identificar um funcionário improdutivo e entender como é possível melhorar sua performance. “O tema é extenso e há inúmeras estratégias para resolvê-los, mas verificar aqueles que não apresentam resultados eficientes na sua equipe sempre é o primeiro passo. A solução deve ser pensada de forma rápida e eficaz, com o objetivo de evitar que os demais sejam contaminados pelo baixo rendimento”, finaliza o especialista.

Quer uma solução que ajude a maximizar os resultados dos colaboradores da sua empresa? Conheça o Gen.te Cresce – Performance! Através da ferramenta, é possível estabelecer metas, desenvolver gaps, acompanhar o desempenho e dar feedbacks assertivos. Clique aqui e saiba mais!

Compartilhe:

Comentários