Como inovar no processo seletivo pode melhorar sua atração de talentos

Data 14/04/2020
processo seletivo

O desafio que cerca o processo seletivo das empresas é cada vez maior. De acordo com dados do relatório Gartner TalentNeuron 2019, que reúne dados de mais de 65 mil fontes globais, o tempo médio para preenchimentos de vagas vem crescendo, saltando de 61 dias, em 2015, para 72, em 2018. Com o agravamento do quadro de escassez de talento, esses números devem sofrer ainda mais.

Diante disso, o número de organizações que buscam novas formas de recrutar talentos para competir em um mercado em pleno acirramento vem aumentando. Foi com esse objetivo que a Ambev, gigante do ramo de bebidas, contou com uma nova abordagem da ZX Ventures para alinhar a experiência do candidato ao perfil desejado pela companhia.

Como resultado, a empresa conseguiu um processo seletivo extremamente inovador, que funcionou como laboratório para experiências futuras. É o que explica a Especialista em Employer Branding da ZX Ventures, Luana Daud. “Esta iniciativa da ZX foi uma ação experimental focada na experiência do candidato e ficamos muito felizes com o resultado. Nele, nossa prioridade foi transformar um processo seletivo comum em uma experiência incrível e que não só abrisse porta para uma oportunidade de trabalho, mas que somasse conhecimento para a carreira”, destaca.

Um processo seletivo enriquecedor

A verdade é que, em parte, o que fez do processo seletivo pensado para a Ambev tão inovador foi o fato de ele servir como experiência enriquecedora para todos os seus participantes. “Mesmo os candidatos não aprovados ampliariam sua visão sobre o mercado de bebidas e trocariam ricas experiências com outros tantos talentos que participariam da seleção, além de receber feedback personalizado com os gaps que foram identificados ao longo das etapas”, ressalta Luana.

Contudo, a relevância do recrutamento nasceu em sua estratégia de atração. Sem pedir dados como instituição de ensino, habilidades em línguas estrangeiras ou currículo, o processo primou pela diversidade e pela imparcialidade. “Outro ponto importante foi eliminar ao máximo qualquer tipo de viés inconsciente dos recrutadores. Para isso, só oferecíamos acesso a informações básicas sobre os candidatos”, explica a especialista.

Em suma, o processo pensado para ser ágil e prático para poupar os participantes de uma maratona maçante de testes e entrevistas se mostrou uma experiência completa com a empresa diante da aposta no suporte de soluções de tecnologia.

processo seletivo
Trainees que participaram do processo seletivo inovador da Ambev

“Fizemos uma etapa com testes on-line e vídeo-selfie. Depois, fizemos uma etapa de realidade virtual, em que os participantes vivenciaram um game em grupo. Por fim, os que foram para a etapa final participaram de um bootcamp imersivo, que teve duração de três dias e envolveu a criação de projetos, trabalho em equipe e até aulas de mixologia, para criação de drinques”, conta Luana Daud.

Considerado pela própria organização como o processo seletivo mais inovador já realizado até então, ele estabelece um movimento que abre precedente para recrutamentos ainda mais modernos e enriquecedores para todos os talentos que integram o quadro da empresa.

De olho no fit cultural

Indo ainda mais além, a aposta em um recrutamento inovador teve uma característica estratégica ao servir a um propósito maior do que a oferta de uma boa experiência aos candidatos. “Na ZX, estamos sempre em constante processo de inovação, aliás, a inovação é nosso principal pilar. Gostamos de testar modelos e encontrar formatos de trabalho que tornem nosso ambiente diverso em todos os sentidos”, afirma Luana.

A especialista explica que, ao sair do lugar comum dos processos seletivos, a ZX garantiu maior atração de talentos com uma postura próxima à cultura da companhia. “Queremos atrair talentos que queiram seguir essa trilha conosco e inovar em processos seletivos é uma forma de não apenas garantir a melhor experiência ao candidato, mas também de identificarmos os perfis que tenham maior fit cultural com a gente”, pontua.

Nesse sentido, a seleção fora dos padrões convencionais serviu ainda como incentivo para que os envolvidos se integrassem melhor ao propósito da organização. “De forma geral, os jovens viram no processo uma oportunidade de colocar em prática ideias inovadoras e compartilhar conhecimentos com os outros participantes. Além disso, do processo, surgiram grandes amizades”, destaca a Especialista em Employer Branding.

Desafio e recompensa

Em análise à experiência ainda recente com o novo modelo de processo seletivo, Luana Daud afirma que é cedo para tirar conclusões profundas de seus efeitos e reconhece que não se trata de uma tarefa simples.

“Percebemos que um desafio foi a etapa de feedback personalizado a cada um dos candidatos. Estamos trabalhando para contarmos com um time mais robusto para executar essa etapa nos próximos processos seletivos”, afirma.

Mesmo assim, ela ressalta que o retorno obtido dos próprios participantes já aponta que a decisão por buscar novos formatos foi acertada. “Tivemos um índice de satisfação de [nota] 8 entre os 700 que avaliaram e de 10 em relação ao bootcamp. Fora isso, para esse ano, mais de 20 entidades nos procuraram para fechar parceria de treinamento e desenvolvimento, pois acompanharam o processo e acharam sensacional como a nossa empresa lida com os estudantes”, revela.

Sendo assim, Luana Daud salienta que quando o assunto são processos seletivos é evidente a necessidade de buscar novos formatos. Embora o desafio seja complexo, a especialista aponta que o alinhamento entre a ação e o objetivo final da empresa deve ser o ponto de partida do RH.

“É sempre importante repensar os processos de gestão de pessoas, afinal, o mundo muda e acompanhar essas transformações é essencial para atrair novos talentos. Uma dica é não ter medo de ousar nos processos seletivos e usá-los aliados aos seus objetivos, de modo que eles auxiliem na seleção dos talentos que estão em sintonia com a cultura da sua companhia”, finaliza.

Quer contar com ferramentas inovadoras para seu processo seletivo? Clique aqui e conheça o produto Gen.te atrai – Recrutamento e Seleção da LG lugar de gente.