Responsabilidade Social: por que as empresas devem se tornar mais humanas?

Data 28/12/2017
responsabilidade social

Uma empresa socialmente responsável, ou seja, aquela que destina parte do seu faturamento para responsabilidade social, pode apresentar maior produtividade. A conclusão foi de um experimento realizado em 2017 por pesquisadores da Universidade de Southampton com jovens universitários, no Reino Unido. Ao saber que o desempenho do trabalho poderia garantir doações a entidades, um grupo de alunos que participou da pesquisa rendeu, em média, 13% a mais que os demais.

Diante desse cenário, é possível perceber que mais do que incentivos fiscais ou repercussão da marca, o tema responsabilidade social também motiva funcionários e gera engajamento no ambiente corporativo. Na LG lugar de gente, por exemplo, há dez anos os colaboradores se unem no fim do ano para levar doações a quem precisa através da campanha “Natal Gesto Solidário”.

Superando limites

A iniciativa bateu recorde de arrecadação em 2017: mais de cinco toneladas em donativos. O que representou cerca de 20% a mais do que em 2016. Com o apoio de cerca de 500 colaboradores do grupo, foram arrecadadas 3,6 toneladas de alimentos não perecíveis e a LG lugar de gente completou a doação com 1,4 toneladas, totalizando 5.079,42 quilos. As instituições selecionadas para receber os donativos foram escolhidas pelos próprios funcionários da empresa, por meio de votação na intranet. Ao todo, mais de 400 pessoas em situação de vulnerabilidade social estão sendo beneficiadas pela campanha.

As organizações contempladas foram: Associação de Serviço à Criança Especial de Goiânia – ASCEP em Goiânia (GO), ​que atende crianças e adolescentes com transtorno mental, deficiência intelectual e física; Grupo Mãos Estendidas em São Paulo (SP), que oferece assistência social a moradores de rua; Lar Beneficente Arco-Íris em Duque de Caxias (RJ), que acolhe crianças entre cinco e 12 anos em situações de risco; Ação Social da Paróquia de Vespasiano – ASPAV em Vespasiano (MG), que presta serviços assistenciais para famílias carentes; Centro de Integração Digital (CID) São Luis Orione em Curitiba (PR), que promove ações sociais, culturais e educativas para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social; e Igreja Batista Jardim São Paulo em Recife (PE), que oferece refeições, atividades de apoio escolar e recreativas para alunos matriculados na rede pública.

Ajuda ao próximo

Para a Diretora de Gente e Gestão da LG lugar de gente, Anete Castro, ações como essa contribuem para reforçar nosso valor “Humanismo” e nos aproxima de quem precisa de ajuda. “O Natal Gesto Solidário é um momento de união e engajamento de todos por uma boa causa”, reforça.

Já a Desenvolvedora de Relatórios Reports, Renilda Araújo, que participou pelo segundo ano consecutivo da entrega dos donativos e também apoia outras causas de responsabilidade social, acredita que o incentivo da LG é fundamental para o sucesso da campanha. “Se a empresa não tivesse essa iniciativa, dificilmente nós enquanto colaboradores nos mobilizaríamos para reunir os alimentos e levar até às instituições carentes. É muito gratificante saber que uma simples ação como essa ajuda a mudar a vida de nossos irmãos em situação de necessidade”, destaca.

responsabilidade social

Renilda (primeira da direita para a esquerda) durante entrega das doações à Associação de Serviço à Criança Especial de Goiânia (ASCEP)

 

Veja como foi o Natal Gesto Solidário nos anos anteriores!

2016
2015
2014
2013
2012