Como conseguir o engajamento dos colaboradores e combater a corrupção dentro das empresas?

Data 18/04/2017

A busca constante pelo engajamento dos colaboradores e a compreensão do papel do RH no combate à corrupção dentro das empresas são assuntos que estão movimentando à área de gestão de pessoas. Para debater esses temas, a LG lugar de gente patrocinou dois grandes eventos realizados em março pela Câmara Americana de Comércio Brasil Estados – AMCHAM. O primeiro comitê aconteceu no dia 17 do último mês, em Belo Horizonte (MG), e falou sobre “Engajamento: uma agenda estratégica”. Já o segundo, promovido em São Paulo (SP) no dia 28, apontou “O papel do RH nas políticas de compliance da organização”.

O comitê “Engajamento: uma agenda estratégica” contou com a presença de 200 participantes. Bruno Villela, Diretor de HR Consulting e Employee Engagement da Aon Brasil, apresentou a pesquisa “Tendências Globais de Engajamento de Funcionários” realizada pela companhia em 2016. Segundo o estudo, 70% dos líderes consideram o engajamento extremamente importante para o sucesso das organizações. Para essas lideranças pouco mais de 20% dos seus colaboradores são altamente engajados.

Bruno Villela explicou como entender o comportamento de colaboradores que estão ou não envolvidos com a empresa. Ele também apontou os principais fatores para criar uma cultura de engajamento e citou quais devem ser as ações dos líderes para desenvolver equipes participativas e de alta performance.

Participação do RH na gestão de compliance

Já o segundo comitê abordou “O papel do RH nas políticas de compliance da organização” e contou com a presença de mais de cem participantes. Os palestrantes Carlos Alberto Griner, Diretor de Recursos Humanos da Suzano Pulp and Paper, e Pyter Stradioto, Diretor de Compliance da Samsung, debateram sobre a responsabilidade do RH na disseminação e consolidação da cultura de combate à corrupção dentro das empresas.

Prova da importância de discutir esse tema é a pesquisa “Agenda 2017”, realizada pela Deloitte com 746 empresas brasileiras de todos os portes, na qual 33% demonstram intenção de priorizar a adoção de melhores práticas para a gestão de compliance esse ano.

Quer saber o papel do RH no combate à corrupção? Confira a entrevista exclusiva com Reynaldo Goto, Diretor de Compliance da Siemens!

Marcelo Lima, Gerente de Contas Estratégicas da eguru, uma empresa LG lugar de gente, marcou presença no evento. Segundo ele é importante que o RH entenda seu papel, pois são crescentes casos de corrupção envolvendo grandes organizações, antes tidas como idôneas, isso exige que a discussão em torno do tema tenha maior profundidade. “O RH tem papel estratégico na gestão de compliance e deve participar de discussões, comitês e realizar contribuições mais efetivas, como a criação de programas de treinamento, por exemplo”, destaca.

Compartilhe:

Comentários