Programa de estágio como fonte de talentos e fortalecimento de marca

Data 30/06/2020

O programa de estágio não é uma ferramenta inédita no mercado, mas a última edição da iniciativa dentro da LG lugar de gente provou mais uma vez que seus benefícios para a organização são indiscutíveis. Afinal, qualquer empresa tem muito a ganhar com um projeto capaz de formar talentos com as habilidades ideais para seu negócio ao mesmo tempo em que fortalece sua marca em meio a um cenário de crise.

Registro do início do Programa de Estágio da LG. Bruna Dionísio, Analista de Gente e Gestão, à esquerda, junto à turma de estagiários recém-selecionados.

Contudo, manter essa estratégia em meio às dificuldades impostas pela pandemia de covid-19, sem dúvidas, potencializou os esforços necessários para que os resultados fossem alcançados.

Foi nesse contexto, realizado em meio ao distanciamento social e utilizando recursos digitais, que o projeto cumpriu seu propósito. Na avaliação do Diretor de Produtos na LG lugar de gente, Marcello Porto, a experiência se firma como um dos principais recursos na busca por profissionais alinhados à cultura da organização.

“Para as equipes de desenvolvimento, sem dúvida é o melhor programa de RH para nos dar segurança em relação a constante reposição de talentos da empresa. Permite recrutar no mercado ótimos alunos e capacitá-los para virarem grandes profissionais”, pontua.

Um programa de estágio inovador

Embora os resultados projetados para o programa de estágio fossem positivos, como fica claro na interpretação de Marcello, a equipe envolvida no processo precisou se reinventar e se adaptar na medida em que as etapas avançavam.

Composto de três meses de treinamento teórico e seis horas de contato direto com as rotinas das áreas específicas à quais foram designados, os candidatos deram início ao projeto pouco antes do auge do distanciamento social.

De acordo com a Analista de Gente e Gestão, Bruna Domingues Dionisio, responsável por acompanhar o programa de estágio de perto, foi necessária uma intervenção rápida para adaptar as aulas para plataformas digitais.

O processo de adaptação foi um sucesso

Como ela explica, foi necessário manter contato permanente com alunos e instrutores para garantir que o funcionamento do processo fosse adequado. Foi a abertura do diálogo que permitiu notar que, na verdade, a mudança nascida da decisão de encarar um obstáculo natural havia aprimorado o processo.

“Tivemos retornos excelentes. Os instrutores nos relataram que não houve impacto nos resultados do treinamento on-line, que foi muito bom. Alguns até gostaram mais desse modelo”, afirma.

Além disso, a transposição da experiência do ambiente presencial para o virtual abriu novas possibilidades que proporcionaram uma aderência maior ao conteúdo oferecido pelo programa de estágio.

“A adaptação possibilitou a gravação no Teams (plataforma em que as aulas foram transmitidas), então, os estagiários registraram todos os treinamentos e podem acessar quando quiserem”, ressalta Bruna.

Foco na experiência

Muito do bom desempenho do programa de estádio da LG lugar de gente está na estrutura que vem sendo estabelecida ao longo dos anos em cada uma das edições realizadas. Para Marcello Porto essa experiência acumulada é um grande diferencial do projeto.

“Temos professores qualificados, tempo dedicado à capacitação e estruturação das equipes para receber os estagiários. Ao longo dos anos, evoluímos nesse programa, tornando-o cada vez melhor”, avalia.

Reforço à marca empregadora

Mais do que isso, esse cuidado com o programa resultou em experiências como a do estagiário Cleber Cardoso Margarida. Inicialmente, o candidato acreditou que o distanciamento seria um problema, mas o resultado superou qualquer expectativa. Para ele, perceber a preocupação da empresa com sua segurança foi mais um entre todos os esforços envolvidos no projeto.

“Fiquei surpreso pelo ótimo desempenho de aprendizado que tive. A segurança de poder me resguardar junto à minha família na quarentena serviu de motivação. Logo, as adaptações foram acontecendo e junto vieram os resultados”, conta.

Para Marcello Porto, muito disso se deve à presença de profissionais que já passaram pelo programa. “A grande participação de antigos estagiários com muitos anos de casa e em posições de liderança é uma demonstração prática do sucesso do programa”, destaca.

Ambiente virtual com conexões reais

E, ainda que o treinamento tenha sido levado para o ambiente virtual, as conexões geradas por ele não se tornaram menos reais do que as de edições passadas graças ao cuidado dos instrutores e dos profissionais de RH envolvidos.

“Me senti ainda mais honrado em ter essa oportunidade na formatura da turma, na qual fomos aplaudidos em uma reunião virtual por boa parte dos colaboradores que tiveram envolvimento neste processo. Compartilhamos experiências emocionantes que me marcarão para o resto da vida e sem dúvidas servirão de gás para essa jornada que enfrentarei pela frente”, relata Cleber.

O resultado do programa de estágio não é limitado aos candidatos. Para Bruna Domingues, Analista de Gente e Gestão, o efeito da experiência foi recompensador também para os responsáveis por capacitar os estagiários.

“Muitos de nós nos emocionamos por ver como o programa é importante para todos e como ele impacta as nossas pessoas”, conta.

Próxima etapa

Agora, para completar o programa de estágio, os candidatos partem para a etapa prática em que as figuras de liderança da LG lugar de gente terão um papel importante para a formação dos talentos essenciais à empresa.

“Contaremos bastante com a ajuda dos líderes e gestores para continuarem desenvolvendo a turma. Assim, teremos a possibilidade de que eles continuem com a gente quando o contrato finalizar”, completa Bruna.

Tem interesse em conhecer novos métodos de aprendizagem e desenvolvimento? Conheça mais sobre o assunto na trilha Cultura de aprendizagem na era digital: qual o papel do RH?