Dez benefícios do job rotation

Data 28/07/2014

Nem sempre a correria do dia a dia permite que as empresas identifiquem os talentos internos e tão pouco disponibilizem oportunidades, para que os colaboradores apresentem um desempenho mais ativo. Para não cair nesse ciclo vicioso, algumas organizações adotam a prática do job rotation – um processo de remanejamento ou de redimensionamento de funções internas, sem demissões e que permite que um colaborador experimente uma nova realidade dentro da própria companhia seja no seu departamento de origem ou não, por determinado período. Confira abaixo alguns dos benefícios proporcionados pelo job rotation.

1 – O job rotation pede a presença de um profissional que exerça a função de mentor para aquele colaborador que será incerido no departamento ou em uma atividade por determinado período. Diante disso, o job rotation trará ao mentor a oportunidade de desenvolver competências de liderança, trabalhar em equipe, uma vez que passará a trocar ideias com outro profissional, e pode ser a chance esperada para perder a inibição que, por vezes, atrapalhou a ascensão da sua carreira.

2 – Pode se tornar uma valiosa ferramenta de aprendizagem para os profissionais recém-contratados, uma vez que nem sempre os que estão chegando conseguem assimilar como a organização funciona em sua totalidade. Oferece ao novato uma visão ampla do negócio, dos departamentos, das atividades que são desempenhadas por outros profissionais.

3 – O job rotation é considerado um valioso recurso no desenvolvimento dos talentos, uma vez que permite que os profissionais vivenciem situações novas e com isso desenvolvam ou aprimorem competências técnicas e comportamentais – valiosas para a melhoria da performance.

4 – Uma vez que o profissionais tem a oportunidade de conhecer uma nova realidade, além daquela a que estava acostumado, passa a ter uma visão mais ampla do negócio, compreende como o mesmo funciona, além das "fronteiras" das suas atividades laborais, que são exercidas diariamente.

5 – Através do job rotation, os líderes têm a oportunidade de descobrirem as competências dos liderados que estavam adormecidas ou que, então, nunca tinham vindo à tona por falta de oportunidade. Diante disso, as lideranças podem realizar um remanejamento de função ou mesmo promover um profissão para um cargo mais elevado.

6 – Quando um profissional participa do job rotation, o interesse para atuar em outro setor ou função pode surgir naturalmente e quando esse desejo vem à tona traz consigo a empolgação de dar um redirecionamento à carreira. Isso, por vezes, faz com que o talento sinta-se estimulado a permanecer na organização – o que impacta na redução dos percentuais de turnover.

7 – Para muitos profissionais que participam do job rotation, esse reurso de desenvolvimento profissional torna-se uma agente motivador, pois oferece desafios que jamais tinham sido apresentados. E como sabemos, talento desafiado torna-se sinônimo de profissional motivado a vencer obstáculos.

8 – Uma vez motivado via job rotation, o colaborador tem mais chance de liberar o seu potencial criativo dentro da organização. Lembremos aqui que ficar "preso" a uma mesa, com atividades repetitivas e sem chances de experimentar algo inovador, leva o profissional a cair no conformismo, na zona de coforto e esse tem sido apontado como um dos grandes entraves do crescimento organizacional.

9 –
O job rotation permite, por exemplo, que um executivo júnior se familiarize com outras atividades que não fazer parte do seu dia a dia. E quando isso ocorre, ele percebe não são apenas as suas atribuições que exigem concentração e tempo para serem realizadas. Por vezes, ele pode ter sido "ríspido" com um subordinado por acreditar que seu pedido poderia ter sido atendido em curto espaço de tempo, quando na verdade sua solicitação necessitava de um período mais extenso para ser cumprida com êxito.

10 – Esse recurso de desenvolvimento pode ser considerado uma via de mão dupla, pois ao receber um profissional em seu departamento, o líder que recepciona o participante do job rotation tem a oportunidade de integrar à sua equipe outro talento. Quando bem trabalhado, esse momento pode ser um agente facilitador para fortalecer o diverso em seu departamento.

 


Essa dica foi publicada no site RH.com.br, em 23/07/2014

Compartilhe:

Comentários